Faculdades Integradas Espírita vai à falência e deixa estudantes na mão em Curitiba

Faculdades Integradas Espírita vai à falência e deixa estudantes na mão em Curitiba

Compartilhe nas redes sociais!

Mais uma que fecha por falta de estrutura e planejamento...

Todos os professores e funcionários das Faculdades Integradas Espírita foram demitidos e os alunos devem ser transferidos para outras faculdades, informa a direção da instituição. Apesar da promessa, os 380 alunos reclamam da falta de informação e temem ser prejudicados na transferência. Os professores irão processar a instituição.

100 docentes

Os 100 docentes da instituição foram comunicados da decisão no dia 19 de dezembro e até o momento não receberam os salários do último mês de trabalho, nem a multa rescisória. “Foi golpe baixo para dizer o mínimo”, diz o ex-professor do curso de Biologia Eduardo Ramires. Ele conta que um grupo de professores já entrou em contato com o Ministério Público do Trabalho, e que terão uma audiência no dia 22 de janeiro com o promotor.

Estudantes

Para os estudantes, o maior risco está na incompatibilidade de grades curriculares no processo de transferência, que pode resultar em meses ou até anos a mais de curso para viabilizar a formatura. Além disso, eles podem ter de arcar com a diferença no valor das mensalidades, lembra a formanda do curso de Biologia Franciane Alves. “Nosso curso é mais caro em outras faculdades, e a Espírita deveria pagar essa diferença, mas o recesso está acabando e até agora não tivemos resposta nenhuma”, diz.

O diretor, Emerson Lopes, que assumiu a faculdade há menos de dois anos, diz que a instituição enfrenta graves problemas financeiros desde 2005, e que se as demissões não ocorressem agora, os problemas surgiriam logo no início do ano letivo, já que a faculdade não tem recursos para pagar mais do que 30% dos salários dos docentes.

Em relação aos estudantes, Lopes diz que está em negociação com várias instituições, mas uma resposta definitiva deve ser dada até o fim da semana que vem. Segundo ele, a faculdade informará a todos os alunos via e-mail e redes sociais.

 

Fonte: Gazeta do Povo

Siga-nos nas redes sociais:





Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863
Leia também
X