Ratinho suspende atendimento presencial no governo mas mantém escolas abertas no Paraná

Ratinho suspende atendimento presencial no governo mas mantém escolas abertas no Paraná

Compartilhe nas redes sociais!

Paraná tem novo aumento  descontrolado e subnotificado de casos apontando para uma 3ª onda.

Professoras, professores, alunos, trabalhadores em geral das escolas e universidades que se arrisquem e morram?

Os ratões seguros?

Vergonha!

BEM PARANÁ -  O governador Ratinho Júnior (PSD) determinou a suspensão, por 21 dias, do atendimento presencial nas secretarias do Estado por causa do aumento dos índices de contaminação da pandemia da Covid-19 no Paraná. No documento, ele alega que a decisão “justifica-se em razão da necessidade de diminuir a circulação de pessoas nas dependências desse Órgão, a fim de evitar a propagação da Covid-19 ante considerável aumento de casos recentemente constatado”.

O texto determina que sejam “suspensas quaisquer atividades de atendimento presencial por parte de vossa excelência e de seus diretores pelo prazo de 21 dias, priorizando-se durante o período de restrição, a adoção de meios de atendimento remoto e a realização de reuniões virtuais”.

Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X