Bolsonaro nomeia esposa de Ricardo Barros para o Conselho da Itaipu

Bolsonaro nomeia esposa de Ricardo Barros para o Conselho da Itaipu

Compartilhe nas redes sociais!

A Ex-governadora do Paraná, que assumiu quando Beto Richa havia se afastado para ser candidato ao Senado, era chamada de 'Princesa' nas listas das propinas da Odebrecht.

Cida é esposa do Líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, chamado de 'Leitão Vesgo' nas listas de propinas da Odebrecht.

TERRA -  O presidente Jair Bolsonaro nomeou a ex-governadora do Paraná Maria Aparecida Borghetti, mulher do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), para compor o conselho da Itaipu Binacional. Em entrevista ao Estadão em fevereiro, o parlamentar defendeu a contratação de parentes de políticos para cargos públicos. Borghetti vai substituir o ex-ministro Carlos Marun (MDB-MS), que ocupava a função desde o governo de Michel Temer.


Réu por dano ao Erário, Leitão Vesgo diz: 'sou a favor de mudar a lei de improbidade, para incluir só o que causa prejuízo ao Erário'

Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X