A ilusão da Liberdade enquanto 1% de megas ricos corruptopatas com seus governos e regimes de fachada e seus políticos politicopatas destroem o Planeta

A ilusão da Liberdade enquanto 1% de megas ricos corruptopatas com seus governos e regimes de fachada e seus políticos politicopatas destroem o Planeta

Compartilhe nas redes sociais!

 
A Liberdade verdadeira está intimamente e inseparavelmente ligada ao ESCLARECIMENTO e a busca da verdade relativa de Ponta, e em última instância, intimamente ligada à COMPREENSÃO ESCLARECIDA sobre a sobrevivência e a conservação da Vida.

Sem ESCLARECIMENTO não existe Liberdade de fato.

Enquanto muitos se auto-enganam e se auto-iludem em conflitos e guerras, inclusive fratricidas, por rótulos que alcunham de 'luta pela liberdade de se ser o que quiser ser e viver como se quiser viver', os mega ricos corruptopatas do mundo, o 1% que detém 99% das riquezas, que em conluio com políticos politicopatas, roubam e acumulam riquezas das cidades até as capitais da Nações, avançam no processo de HUMANIDADE ZERO amplamente exposto no CONSCIENCIALISMO REALISTA, NA REVOLUÇÃO REALISTA, NA REALISMOLOGIA, NA TEORIA DA HUMANIDADE ZERO, NAS REDES UMBRAIS SOCIAIS. 

99% da humanidade viaja na maionese, se ilude com a ilusão da Liberdade enquanto pouquíssimos endinheirados controlam tudo no Planeta e se preparam para sobreviverem quando o bicho pegar na Terra, seja por cataclisma climático, seja por rajadas de massa solar, seja por meteoro, seja por uma Pandemia muito maior e mais brutal que a da COVID-19, seja por qualquer outro motivo.

Acorda quem ainda dorme.

LEIA TAMBÉM:

AS REDES UMBRAIS SOCIAIS

"Deixe a voz da razão brilhar"

 

(O conteúdo deste artigo é de responsabilidade do autor.)
Siga o FCS Brasil nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
Junte-se a nós
X