Ao 'cercarem' Cunha, Rede e Psol comprovam que são vassalos do PT

Ao 'cercarem' Cunha, Rede e Psol comprovam que são vassalos do PT

Compartilhe nas redes sociais!

Vassalo é aquele que oferece ao senhor ou suserano fidelidade e trabalho em troca de proteção e um lugar no sistema de produção. (Wikipédia)

Fazendo o serviço sujo em nome do PT...

Os partidos Rede Sustentabilidade de Marina Silva, PCdoB de Aldo Rebelo, e Psol de Luiz Araújo/Luciana Genro, são linhas alternativas do PT, ou para usar um termo histórico, são vassalos do Partido do Lula, o PT.

Sim senhores, ao aceitar políticos que saíram do PCdoB e outros esquerdalhas, a Rede de Marina Silva, simplesmente se matou no ninho. Mas, isso já era previsível, pois todos sabem que Marina Silva sempre foi vassala de Lula, assim como Dilma.

Aliás, se observarem bem, em todas as eleições, Marina sempre se coloca na campanha, mesmo sabendo não ter chance alguma, apenas para tirar voto dos concorrentes e favorecer os candidatos do PT. Aliás, na hora H, Marina sempre adota a postura 'em cima do muro' e só pende para um lado quando é para atrapalhar, queimar o filme e, notadamente, favorecer o PT.

E na última semana, A Rede de Marina deu mais uma demonstração de vassalagem, ao assinar junto do PCdoB, Psol e outros um documento que visa a cassação de Eduardo Cunha (PMDB), da presidência da câmara federal, ignorando completamente a situação de Dilma em face das tentativas de Impeachment barradas pelo bolivariano STF. (Veja mais sobre isso aqui)

Resumindo, é preciso estar espertos com a Rede e o Psol, pois embora não tenham coligado no papel com Dilma, na prática são linhas auxiliares, como o são: PMDB / PSD / PP / PR / PROS / PDT / PC do B / PRB e outros da base governista. (Thomaz Domz para o FCSBR)

Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também