Lula bate Bolsonaro (45% a 36%), diz pesquisa XP/Ipespe

Lula bate Bolsonaro (45% a 36%), diz pesquisa XP/Ipespe

Compartilhe nas redes sociais!

Pergunta que fica: a terceira via evaporou? Ou não apareceu ainda?

Moro, Ciro e outros nem fazem cócegas segundo a pesquisa, por enquanto.

LEIA, TAMBÉM: Bolsopetismo

LEIA, TAMBÉM: Lobão diz que Lula e Bolsonaro 'são dois canalhas'

METRÓPOLES - A pesquisa XP/Ipespe de junho mostrou Lula vencendo com mais folga Jair Bolsonaro na disputa pela Presidência no segundo turno. Lula abriu nove pontos de vantagem sobre Bolsonaro — a diferença era de dois na última pesquisa. Ele cresceu de 42% para 45% enquanto o presidente caiu de 40% para 36%.

No primeiro turno, Lula aparece quatro pontos à frente de Jair Bolsonaro. O petista saltou três pontos desde o último levantamento, indo a 32%, enquanto Bolsonaro perdeu um ponto, chegando a 28%.

Ciro Gomes foi o que mais perdeu, passando de 9% para 6%. Sergio Moro oscilou um ponto para menos, de 8% para 7%, assim como Luciano Huck, que passou de 5% para 4%.

Bolsonaro agora aparece numericamente atrás também de Ciro Gomes, que tem 41% contra 37%. Seria derrotado, portanto, por Lula ou Ciro.

Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados ao entrevistado os nomes dos candidatos, Lula e Bolsonaro aparecem empatados, com 24%. Há 8% de votos brancos e nulos e 36% que não responderam. Outros candidatos juntos totalizam 8%.

Foram feitas 1.000 entrevistas por telefone, de abrangência nacional, nos dias 7, 8, 9 e 10 de junho. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.


Bolsonaro volta atrás sobre desobrigar uso de máscara: 'Queiroga, prefeitos e governadores é que decidem'

Em clima de campanha, Lula faz filiações e visita estaleiros alvos da Lava Jato no RJ


Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X