A seita por trás do Palácio do Planalto

A seita por trás do Palácio do Planalto

Compartilhe nas redes sociais!

GABINETE PARALELO E A SEITA POR TRÁS DO DESGOVERNO

Atualizações em 1/6/2021Relembre: Carlos Bolsonaro exigiu que o governo 'dê um jeito' de pagar R$ 300 mil por mês ao Olavo de Carvalho

EM CPI: CPI se aproxima da seita que dita as ações de Bolsonaro na Pandemia

CIÊNCIA REFUTA SEITA OLAVISTA: Experimento do Butantan em Serrana-SP, confirma: imunidade de rebanho só com vacinação em massa

Recentemente, Mandetta revelou que há um gabinete paralelo dentro do próprio governo. Ou seja, um governo do governo, ou se preferir, um desgoverno do desgoverno. VEJA MAIS AQUI, SE QUISER.

O gabinete paralelo, que inclui o gabinete do ódio e das fake news, nada mais faz que se cumpram as ideias de jerico mas sinistras da  seita não declarada mas muito bem observada por seus atos, a seita Olavista  do, Jim Jones da Virgínia, que é o apelido do Olavo de Carvalho, o guru do desgoverno Bolsonaro.

VEJA DIZ:  A CPI escancarou a tese antiglobalista da turma pró-cloroquina

OLAVO CHEGOU A DIZER QUE A PANDEMIA NÃO EXISTE E QUE NINGUÉM MORREU DE COVID. E DEPOIS DELETOU O VÍDEO DO YOUTUBE, COVARDE QUE É.

"Você não tem um único caso confirmado de morte por coronavírus", mentiu Olavo. "Para confirmar, você precisa fazer o exame de cada órgão do falecido, e onde que fizeram isso? Nunca fizeram nenhum. É a mais vasta manipulação de opinião pública que já aconteceu na história humana. Parece coisa de ficção científica", disse o guru Mandrião do Mandrião.

Seguindo a mesma linha negacionista e charlatã de 'Olavo 9Xfora', como Lobão o chama, os fanáticos olavistas, agiram DENTRO DO (DES) GOVERNO BOLSONARO ao ponto de intervirem na saúde do País em plena Pandemia, sabotando vacinas e o combate à Pandemia, com pregação de cloroquina e vermífugos sem eficácia contra a COVID-19.

Os irmãos Weintraub, Arthur e Abraham, entre outros, foram OPERANDO PARTE DA SABOTAGEM em, nome da seita Olavista, inclusive agindo para modificar a Bula da Cloroquina, como os porcos fizeram com a 'Constituição Revolucionária escrita na parede do celeiro' em 'A Revolução dos Bichos' de GEORGE ORWELL.

BBC BRASIL: Arthur Weintraub 'uniu os médicos'
Ex-assessor da Presidência e hoje na OEA (Organização dos Estados Americanos), o advogado Arthur Weintraub declarou, em live de abril de 2020 com o deputado Eduardo Bolsonaro, que o presidente da República o havia incumbido de "estudar isso aí", em referência ao coronavírus.
"Comecei a ler artigo científico, não era artigo, é isso que o pessoal solta, o que eles estão pesquisando para difundir conhecimento, e esses caras foram me mandando", diz Weintraub na live."Daí eu falei pra ele (presidente): 'cloroquina tá funcionando, já tem resultado'."
Weintraub (que é irmão do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub) diz que mandou informações sobre a cloroquina a Bolsonaro "no zap" e, quando se encontrou com o presidente da República, ouviu dele: "tô tirando o tributo da cloroquina, da azitromicina, do zinco e da vitamina D, vamos jogar isso pras pessoas".
Esses medicamentos e suplementos mais tarde comporiam o que o governo passou a chamar de "tratamento precoce", que não tem nenhuma eficácia comprovada contra a covid-19.
Ao apresentar requerimento para convocar Weintraub à CPI, o senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou que "esse 'ministério paralelo' que operava nos porões do governo está vindo à luz, com seus operadores mais evidentes a cada dia".
Em evento oficial de 14 de agosto no Palácio do Planalto, Arthur Weintraub disse que fazia contato com médicos alinhados ao bolsonarismo desde fevereiro de 2020.
No mesmo evento, um desses médicos, Luciano Azevedo, agradeceu Weintraub por tê-lo procurado. "Desde o início de fevereiro ele nos procurou, ele uniu os grupos de médicos para estudarem a doença, pesquisarem as soluções. (...) O senhor Arthur nos abriu portas, inicialmente comigo, com a doutora Nise (Yamaguchi), o doutor Paolo Zanotto".
Zanotto é pesquisador da USP e, em abril de 2020, publicou vídeos e postagens nas redes sociais defendendo a hidroxicloroquina contra a covid-19. Acabou sendo desautorizado pela USP, que em nota naquele mês declarou que "as colocações feitas pelo docente são de sua inteira responsabilidade e não representam uma posição institucional".

Um absurdo só!

QUEM COMANDA BOLSONARO?

Alguns acham Carluxo e Olavo de Carvalho, bem como seus fanáticos seguidores, engraçados e inofensivos. Mas, são eles que dizem a Bolsonaro o que fazer. Bolsonaro, aparentemente, até tenta se manter equidistante de Carluxo  mas não consegue por que Carluxo sempre está colado em Bolsonaro. No fundo, todos são membros da mesma seita, a seita não declarada mas muito bem observada por seus atos, a seita Olavista.

NÃO SE ENGANEM.

Por trás de Bolsonaro e seu desgoverno está a seita sinistra não declarada mas evidente chamada Olavismo, que, em assuntos de Pandemia, se baseia num 'milagreiro' charlatão que usa seu título de medicina para enganar e incitar à morte os ignorantes a quem vende 'poções mágicas de cura contra COVID-19. Trump tomou e não deu certo. Teve que comprar o caríssimo Remdesivir para aliviar a situação.

O nome desse 'mago das poções mágicas de cloroquina com bosta de cavalo' é ZELENKO.

FOI POR MEIO DE OLAVO, BANANINHA, FILIPE DA ROSCA SUPREMACISTA MARTINS, ERNESTO ARAÚJO, WEINTRAUB´S E ALGUMAS DEPUTADAS QUE VIVEM INDO LEVAR 'TALVEZ' $$ E PRESENTES DO 'VÉIO DA LOJA' PARA A O OVALO DE CARVALHO NOS EUA, que Bolsonaro conheceu a 'magia cloroquina de Zelenko', que é chamado tanto pelos negacionistas dos EUA como do Brasil e outros Países de 'o pai do tratamento precoce contra a COVID-19'.

REVEJA NOSSA MATÉRIA SOBRE ZELENKO E BOLSONARO QUANDO ELE ESTAVA OU SE DIZIA COM COVID-19, APÓS A VISITA AO TRUMP NOS EUA.

Então, quem está por trás desse cenário macabro de mortes chama-se OLAVO DE CARVALHO, cujo Carlos Bolsonaro é seu discípulo maior e chefe do gabinete paralelo, de fake news, ódio, sabotagem à Pandemia e da morte.

As outras figuras, Bananinha, Filipe Martins, Weintraub´s, Wajngarten, Pazuello,  deputadas como Bia Kicis, Caroline de Toni e outros são coadjuvantes, cumpridores das ordens da seita Olavista que deu e ainda dá amparo às insanidades de Bolsonaro para cometer essa mortandade no Brasil que ruma para 500 mil mortos e milhões de sequelados, incapacitados para o trabalho em algum grau.

Uma das maiores insanidades, incutida na cabeça de Bolsonaro, pela seita, é a 'crença enganosa na imunidade de rebanho por infecção do maior número de pessoas, contra a imunidade de rebanho por vacinação em massa e de SUCESSO COMPROVADO  como foi em Serrana-SP.

É por isso que Bolsonaro vem cometendo esses atentados diários ininterruptos contra distanciamento, uso de máscara, àlcool-gel, lavar as mãos direito, enfim, contra os protocolos básicos de combate ao vírus, e assim, por pura ignorância e orquice, levando mais pessoas à morte

A seita enfiou na cabeça de Bolsonaro e seus filhos a tese da CONTAMINAÇÃO EM MASSA (PARA A IMUNIDADE DE REBANHO) ao invés de VACINAÇÃO EM MASSA.

Bolsonaro crê fanaticamente nessa abominação e não vai arredar o pé 'disso daí', como já tem demonstrado por seus atos insanos.

QUEM ESTÁ POR TRÁS DESSAS TESES ENGANOSAS TODAS CHAMA-SE OLAVO DE CARVALHO E CARLOS BOLSONARO.

O TEMPO E A HISTÓRIA OS DESVELARÃO COMO ARQUITETOS DA MORTANDADE NA PANDEMIA E BOLSONARO SEU INSTRUMENTO CONSCIENTE. TODOS, IGUALMENTE CRIMINOSOS.

ATUALMENTE, ZELENKO É INVESTIGADO PELOS FEDERAIS NOS EUA. VEJA NO TNYT

O cantor Lobão já tem alertado isso, ou seja, para o mando e desmando do Rasputin Olavo de Carvalho no desgoverno do Jairnocida Bolsonaro

(Texto de Emerson Rodrigues, editor geral do FCS Brasil, para os blogues livres e realistas no Brasil e no exterior. Email: [email protected])


VEJA TAMBÉM:

Nem Lula, Nem Bolsonaro. O BRASIL PODE MAIS!

PT apoiou Bolsonaro na eleição do Pacheco e não assinou a CPI do Bolsolão no Senado

Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X