Homem mata vizinho a tiros e pedradas. O homicida disse à Polícia que ensinou o galo cantar 'Bolsonaro'

Homem mata vizinho a tiros e pedradas. O homicida disse à Polícia que ensinou o galo cantar 'Bolsonaro'

Compartilhe nas redes sociais!

Parece piada, fake, mas não é.

O Bolsominion psicopata ainda disse que 'ensinou o galo a falar Bolsonaro'.

O DIA - Um homem foi preso, nesta sexta-feira, por matar o vizinho a tiros e pedradas em Petrópolis, Região Serrana do Rio. Em depoimento, o suspeito contou que o assassinato aconteceu por causa de problemas de convivência com o vizinho, um homem identificado como Ricardo Carneiro Montojos, dono de um galinheiro. Ele contar que chegou a ensinar a um dos galos de Ricardo a palavra "Bolsonaro" para implicar com a vítima. A identidade do suspeito não foi divulgada.

O homem só se entregou à Polícia Civil após contratar um advogado. Na delegacia, ele contou que costumava reclamar do barulho do galinheiro de Ricardo. Ele teria ensinado a palavra "Bolsonaro" para incomodá-lo, já que a vítima não gostava do presidente.O crime aconteceu na manhã do dia quatro de setembro deste ano, na entrada do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Petrópolis. Após ter matado Ricardo, ele ficou escondido na mata nos dias seguintes. O crime foi registrado na 105ª DP (Petrópolis).


 

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
Junte-se a nós
X