Biscleteiro que perdeu os dois pés, achou que bomba era celular

Biscleteiro que perdeu os dois pés, achou que bomba era celular

Compartilhe nas redes sociais!

Antes de tudo, nos solidarizamos com o Biscleteiro e sua família.

Que os terroristas sejam pegos, se é que eles não são protegidos por gente de dentro e principalmente, políticos.

Diz o G1: O jovem de 25 anos que teve os dois pés amputados após se aproximar de um explosivo deixado por criminosos durante assalto a agências bancárias, em Araçatuba (SP), acreditava que o artefato era apenas um celular e, por isso, também acabou ferindo as mãos, segundo informou a Santa Casa.

Ainda de acordo com o hospital, a vítima foi socorrida e encaminhada para a unidade após o artefato explodir. O jovem passou por cirurgia para correção das áreas atingidas pela amputação dos pés.

Com a recuperação, não houve necessidade de amputação dos dedos das mãos, que sofreram cortes profundos.


Fica o ensinamento a todos nós: nunca mexa com o que não lhe pertence. A CURIOSIDADE MATOU O GATO. Etc.

PS: teve outro que foi filmar os terroristas, fez piadinhas e levou um tiro de fuzil e morreu.

Com o perigo, não se brinca, JAMAIS!

Registre-se.


 

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X