Assassino da creche era 'quietão, maltratava animais, jogava jogos online, alguns jogos violentos', diz Polícia

Assassino da creche era 'quietão, maltratava animais, jogava jogos online, alguns jogos violentos', diz Polícia

Compartilhe nas redes sociais!

Reveja: Identificados: o assassino e as vítimas do atentado na creche de Saudades-SC


O Delegado disse:

“Um rapaz problemático, né?”, disse Marçal, em coletiva de imprensa. “Ele vinha enfrentando – e aí quem me relatou isso foram pessoas próximas a ele, relatos dessas pessoas para mim – bullying na escola. Ele vinha maltratando alguns animais e tal, muito introspectivo, quietão, na dele. Aquele perfil que hoje já não é mais tão incomum, que é comum na nossa sociedade, daquele jovem que se tranca no quarto e ninguém sabe o que ele está fazendo com o computador. E gostava de jogos online, alguns jogos com violência, então é um perfil que a gente consegue, provavelmente vocês têm conhecimento de algum jovem hoje na nossa sociedade com um perfil parecido com esse”. (Via O Antagonista)

A COLETIVA

VÍDEO MOSTRA A CHEGADA DO ASSASSINO NO HOSPITAL

IMAGENS FORTES? NÃO.

Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X