Preso na Lava Jato mas livrado por Bocão no STF, bilionário ladrão revela que BC é Banco do Centrão

Preso na Lava Jato mas livrado por Bocão no STF, bilionário ladrão revela que BC é Banco do Centrão

Compartilhe nas redes sociais!

Isso, só confirma o que já sabemos. 


André Esteves, o bilionário ladrão que foi pego na Lava Jato e preso, mas que depois foi livrado pelo blindador de ladrões, Gilmar Boca de Sapão Mendes, do corrupto STF que tem rabo preso com ladrões e corruptpatas em geral, e que, ajudou Boisonaro a matar a Lava Jato no acordão com o bando do centrão.

Em áudio recente, o bilionário ladrão, além de revelar a faceta nazifascista e maníaca dos ricos corruptopatas do Brasil, revelou que Lira ladrão e outros picaretas da quadrilha do Centrão lhes pedem conselhos e que o BTG, seu banco, infuencia no BC.

Aliás, em suma, Esteves confirma que o BC na verdade é e sempre foi BANCO DO CENTRÃO.

Resumindo: é uma putaria sem fim.

LEMBRANDO: ao anular prisão e buscas contra o bilionário ladrão, Bocão Mendes disse o seguinte:

Em 28 de junho de 2017, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, mencionou o caso de André Esteves durante sessão plenária da Corte, "Este é um fato de que somos testemunhas. Nós que estivemos na Turma sabemos disso. Devo louvar a lealdade que o ministro Teori se pautou também nesse caso, quando verificou este é um caso palmar de erro judiciário, inequívoco, sobre qual não se fala porque só se fala no sucesso. Ministro Pertence foi despachar e usou essa expressão: ‘Estou diante de um escabroso caso de erro judiciário’. O ministro Teori se convenceu e nem permitiu que sustentasse. Despachou monocraticamente. Quantos estarão na situação desse banqueiro, a partir desse tipo de relato?” [21] (Com Wikipedia)

VEJA MAIS AQUI, SE QUISER.


 

O ÁUDIO DO LADRÃO BILIONÁRIO

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
Junte-se a nós
X