Bocão disse que a Lava Jato 'não estava nos planos [do PT]'

Bocão disse  que a Lava Jato 'não estava nos planos [do PT]'

Compartilhe nas redes sociais!

#ArquivosVivos


Em uma entrevista em 2015, Gilmar Mendes, apelidado de Bocão nas ruas e nas redes sociais, dissera que 'A Lava Jato não estava nos planos e que R$ 6 bilhões foi só em propina, fora o resto que ninguém sabia para onde foi.

Com o tempo, com a Lava Jato, descobriu-se que grande parte de quase R$ 8 trilhões que foram movimentados, foram gastos na manutenção da máquina vermelha no Brasil e na América Latina e boa parte do dinheiro roubado do povo foi para Cuba, Venezuela, ditadores da África etc.

Na época, Gilmar Mendes, futuro algoz da Lava Jato no STF, criticara o PT, a esquerda terrorista e dizia que cerca de R$ 2 bilhões foi para o caixa do PT e que com isso, com R$ 2 bilhões, dava para 'fazer campanha até 2038'.

O que mudou? O que fez Gilmar Mendes e a maioria dos Ministros mudarem de opiniçao em relação pa prisao em 2ª instência e agirem de forma a matarem a Lava Jato? 

Ciúmes de Moro, dos Produradores, do trabalho dos Desembargadores do TRF-4, de Juízes Federais sérios, da PF, do MPF? Também.

Mas, sobretudo, os dossiês que o partido da trevas deve ter dos ministros do STF/TSE.

Um dos prováveis motivos de Mendes mudar radicalmente e agir contra a Lava Jato e a favor da bandidagem em geral: Cunhado de Gilmar Mendes preso com arsenal de guerra em seu Ap, foi pego numa 'boca de fumo'

Obviamente, o acordão de Bolsonaro (um cavalo que se acha rei no tabuleiro vermelho) e os chefões dos 3 podres poderes facilitou a atuação de Mendes e de outros contra a Lava Jato e contra o combate à corrupção.

REVEJA O QUE DISSE MENDES EM 2015:



 

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X