Moro ressurge e diz: 'A agenda anticorrupção e antilavagem de dinheiro precisa ser retomada'

Moro ressurge e diz: 'A agenda anticorrupção e antilavagem de dinheiro precisa ser retomada'

Compartilhe nas redes sociais!

Quem acha que Moro vai se entregar diante da vergonhosa decisão do STF em favor dos ladrões que os apadrinharam, está muito enganado.

Moro, agora mais do que nunca, deve vir a ser candidato à Presidência em 2022.

Sim, amigos, a melhor defesa, na maioria das vezes, é o contra ataque.

Sergio Moro, em sua coluna na Crusoé, diz:

A agenda anticorrupção e antilavagem de dinheiro precisa ser retomada pelos benefícios que provoca internamente, estimulando a integridade e a construção de um país melhor para todos. Mas se esses motivos não forem suficientes, a vigilância dos organismos internacionais e as consequências negativas de sanções ou censuras podem ser invocadas como razões adicionais (…).

O mundo é pequeno e os fatos estão cada vez mais conectados. Ao invés de fecharmo-nos em ufanismo e em reclamações quanto a supostas violações de nossa soberania, faríamos melhor se seguíssemos várias das recomendações internacionais que nos estão sendo, a todo momento, apresentadas. É verdade que nem todas elas são mesmo de nosso interesse e nem tudo precisa ser acatado, mas grande parte se reverte em nosso próprio benefício.”


 REVEJA:

Lula ladrão vai à Brasília negociar com deputados e governadores do Centrão

Barroso diz que os corruptos querem vingança

PT quer CPI contra Moro, Deltan e a Lava Jato. 176 deputados já assinaram o pedido

Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X