Venderam usinas a chineses, deram bilhões a 'máfia elétrica' e agora compram energia do Uruguai

Venderam usinas a chineses, deram bilhões a 'máfia elétrica' e agora compram energia do Uruguai

Compartilhe nas redes sociais!

E os descalabros, em plena surdina, no final de ano continuam escabrosos e a todo o vapor.

Todos sabem que o desgoverno fez o maior leilão privatizador da história, vendendo dezenas de usinas e com elas, rios e terrenos aos comuna da China.

Além disso, deu/emprestou mais de R$ 39 bilhões, incluindo dinheiro do FGTS e do BNDES para a máfia do setor elétrico, com empresas doadoras de campanha.

Agora, O Antagonista, nos traz a seguinte informação, de que o Brasil está metido num processo de compra de energia elétrica do Uruguai.

Além de pagar mais cara a própria energia gerada no Brasil, os brasileiros ainda pagarão talvez até o triplo pela energia importada do Uruguai. É mole?

Assim, diz O Antagonista:

Uma portaria do Ministério de Minas e Energia publicada hoje revela que o Brasil terá de importar energia elétrica do Uruguai até 2018. A importação será feita pela Eletrobras por "necessidade". Não há detalhes do custo dessa energia e qual será o repasse para o consumidor. A crise só não é maior porque o Brasil está em recessão e com a indústria paralisada.

REVEJA, TAMBÉM NO FCSBR>>>

= Dívida pública passa de R$ 3,8 trilhões. Ou seja, ferraram o Brasil por várias gerações

= Na surdina, desgoverno faz maior leilão de privatização da história e chineses levam tudo

= 'Governo' 'empresta' R$ 39 bilhões a distribuidoras. Povo segue pagando conta de luz absurda de cara

= Governo tira bilhões do BNDES para cobrir buracos das contas arrombadas de 2015

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
Junte-se a nós
X