Nem Black Mirror supera: jovem faz dancinha pro TikTok com mãe com câncer em estágio terminal e ainda diz: 'fez nosso último vídeo viralizar, + 2 milhões de visualizações'

Nem Black Mirror supera: jovem faz dancinha pro TikTok com mãe com câncer em estágio terminal e ainda diz: 'fez nosso último vídeo viralizar, + 2 milhões de visualizações'

Compartilhe nas redes sociais!

Bizarro: jovem de 19 anos faz dancinha ridícula com a mãe em estágio terminal ao lado. Vale tudo pela fama efêmera nas redes umbrais sociais! A humanidade está emburrecendo completamente! (Vide também no Metrópoles).


O Filósofo Realista, E-Kan, em seus livros: AS REDES UMBRAIS SOCIAIS e TEORIA DA HUMANIDADE ZERO, que tratam da problemática da idiotização, imbecilização, brutalização, 'gadização' e desumanização da humanidade, por meio das redes sociais, como meio de controle social global, diz o seguinte:

[...] "O País e o Planeta desabam no caos enquanto as pessoas fazem dancinhas ridículas no TikTok ou fanatizam por politicopatas e corruptopatas no Facebook ou, mesmo sem se conhecer, se xingam e se odeiam em outras redes umbrais sociais". [...]

E, também:  

[...] "O problema não são as redes sociais, nem a internet, as pessoas que fazem mau uso delas é que são o problema", dizem alguns. 

Até certo ponto, isso soa como uma verdade insofismável, porém, o buraco é muito mais embaixo.

O problema são as pessoas que fazem mau uso das redes sociais, sim. Mas, essas pessoas, ‘gados e mulas existenciais’, ignorantes, perversos, haters e criminosos em geral são só parte do problema.

As pessoas que são donas dessas redes sociais e suas relações criminosas e escusas, com governos tiranos, regimes ditatoriais e mafiosos em geral que usam palavras como Democracia, Liberdade, Paz, Amor, Bondade, Fraternidade, Solidariedade, Humanidade, Conectividade, apenas como elementos retóricos em seus discursos falaciosos, narrativas e propagandas enganosas, é que são O GRANDE PROBLEMA DAS REDES SOCIAIS, QUE NÓS CHAMAMOS DE “REDES UMBRAIS SOCIAIS”. [...] [...]  Dessa maneira, com as pessoas que são ‘donas’ das redes sociais, perdidas no "dinheirismo doentio", as redes umbrais sociais 'deixaram rolar' e a coisa toda virou a grande merda que virou. Uma perdição total. Um umbral na intrafísica da Terra. Em muitas vezes, parece até que as bizarrices da Deep web e a Dark web estão nas redes sociais da surface. [...]

MAIS UM CASO BIZARRO

Pois bem, em tela, temos um dos mais bizarros casos recentes do potencial destrutivo das redes umbrais sociais que envolve um vídeo de uma jovem (de 19 anos) no TikTok.

A jovem fez um vídeo daquelas dancinhas ridículas padrão, que todos já conhecem.

DETALHE: com a mãe acamada no hospital, ao seu lado, com câncer em estágio terminal, comprovando uma total idiotização, falta de bom senso. (A mãe faleceu no dia seguinte).

Pior, ainda em uma post posterior da jovem, recuperada por internautas, a jovem ainda COMEMORA O ALCANCE DO VÍDEO BIZARRO.

Dizia a post da jovem

 

 

Internautas comentaram: 'isso é real? Só pode ser mentira! Inacreditável! Surreal! Bizarro! Nem Black Mirror faria uma coisa insana dessas". Vide lá.

Outra post da jovem se ufanando do alcance do vídeo bizarro: 

 

 

Internautas comentaram:  “mas talvez Deus sabia q vc me ajudaria melhor aí de cima”. 'Tipo: ia morrer mesmo, pelo menos fez o vídeo bombar'. Vide lá. 

DEPOIS DE SE GABAR DO ALCANCE DO VÍDEO BIZARRO, LÁGRIMAS DE CROCODILO E AMEAÇA DE PROCESSOS

Pois bem, depois dessa cena bizarra de idiotização pelas Redes Umbrais Sociais, notadamente, na Chinesa TikTok, a jovem postou vídeo com lágrimas de crocodilo ainda no TikTok (VEJA LÁ, SE QUISER) e várias explicações e até ameaça de processo no Instagram (VEJA LÁ, SE QUISER) pelas críticas e xingamentos que estava recebendo de internautas. 

Ou seja, além de claramente, não demonstrar nenhum remorso de fato, nenhum arrependimento, nada de maneira autêntica, ainda ameaça internautas pela exposição e engajamento que ela mesma buscou com o vídeo bizarro.

QUIS APARECER, SOBRETUDO, DE MANEIRA BIZARRA? ASSUMIU OS RISCOS IMPREVISTOS QUANTO A OPINIÃO PÚBLICA.

Vale lembrar que o STF, em decisão da maioria em plenário, proferida sobre o Recurso Extraordinário (RE) 1010606, em que se discutia o direito ao esquecimento na área cível, deixou claro que a Liberdade de Imprensa e Expressão, nesses casos, ressalvados os pressupostos constitucionais da Liberdade Individual, não podem ser sobrepujados e 'tratorados'. 

Ou seja, se a pessoa, maior de idade, que é o caso da jovem, quis aparecer de maneira livre e espontânea, ou apareceu em matéria jornalística e em meio social devido a ação espontânea ou no decurso de uma matéria sobre crime ou qualquer outro assunto, não terá direito a remoção do conteúdo, ou seja, não terá direito a censurar nem o veículo de comunicação que retrate o fato em si, ainda que com críticas, nem demais interlocutores. Evidentemente, excessos como xingamentos absurdos, ameaças, ou outros tipos de comentários que ultrapassem o limite do decoro são passíveis de ação própria por calúnia, difamação, desde comprovados pela parte autora. 

Na prática, tal decisão do STF serve para esses tipos de casos, em que as pessoas querem aparecer de qualquer maneira, ainda que de forma absurda e bizarra, como é o caso da jovem e depois se achem no direito de censurar ou ganhar alguma indenização. Quis se aparecer? Agora aguenta o rojão. De certa maneira, também essa é a mensagem que o STF deu na referida decisão. 

AS REDES SOCIAIS UMBRAIS TENDEM A FICAR CADA VEZ MAIS BIZARRAS, UM BLACK MIRROR NA VIDA REAL

RESUMINDO: o que temos aqui? O descontrolado fenômeno do absurdo, do bizarro, do macabro, do surreal, cada vez mais frequente. 

As pessoas se expõe de maneira ridícula, desnecessária e perigosa, visando obter engajamento, ibope, audiência a qualquer custo, visando ganhos financeiros com monetização. Diante de um vídeo bizarro, elas próprias desencadeiam uma reação em cadeia que pode levar a um desfecho mais absurdo ainda, tendo em vista os ditos 'haters', aquelas pessoas que não criticam apenas por criticar ou por crítica construtiva, jocosa ou que o valha, mas porque tem prazer em ter ódio e causar o pior mal possível a alguém. Ou seja, ao fazer um vídeo bizarro, como é o caso da jovem em questão, ela própria assumiu todos os riscos, incluindo, os riscos de ser atacada violentamente pelos psicopatas das redes sociais, os haters. 

E, pasmem, parece, pelas postagens da jovem, após o vídeo de desculpas, claramente, com lágrimas de crocodilo, como dizem os internautas, que a jovem não ligou muito não e nem seu irmão que a apoia, ao contrário, ainda mantém o vídeo bizarro para ver até onde chega o alcance do mesmo. É de fato surreal.

Diz a jovem no Instagram: 

"Era o nosso sonho eu crescer nas redes sociais. Quando o vídeo dela explodiu eu pensei: “ foi ela q fez isso “ era oq ela sempre quiz… Mas infelizmente à internet é cruel e as pessoas são horríveis!! Muitos entenderam e estão me apoiando a minoria está tentando me colocar para baixo… Sites de fofoca q pegaram um stories fora da ordem e estão divulgando com a legenda “Digital influente, comemora vizualizações com a morta da mãe” (VIDE POST COMPLETA LÁ, SE QUISER)

AUTORIDADES FAZEM VISTA GROSSA PARA OS ABSURDOS NAS REDES UMBRAIS SOCIAIS

AGORA, O QUE É QUE SE PASSA? 

Isso são as redes umbrais sociais, ou seja, um inferninho, um umbral só, especialmente, no Facebook e no TikTok. 

Engajamento é grana, muita grana. 

E por muuuuita grana,  todas as redes sociais estão à serviço da desumanização da humanidade e o Facebook e o TikTok lideram na tarefa de 'idiotização e desumanização da humanidade'.

Como diz E-Kan, "As Redes Umbrais Sociais, que só visam dinheiro,desempenham papel fundamental na, friamente calculada, idiotização e desumanização da humanidade, realizando com seus algoritmos macabros, a medonha tarefa de trazer o pior da humanidade para fora, como numa maiêutica do mal. Isto é, impulsionando as pessoas à se tornarem burras de verdade, sobretudo, impulsionando-as a trazer à luz o seu pior, aquilo tudo que está oculto no lado sombrio de todo o ser humano. E muito pior ainda, pela idiotização, naturalizar essa desumanização, fazendo com que o absurdo, o macabro, o doentio sejam vistos como 'coisas comuns', 'naturalizando' o que é bizarro, naturalizando o lado sombrio da humanidade".

É urgente que as autoridades constituídas deem a devida atenção para a Terra sem lei que viraram as redes sociais, sobretudo, Facebook e TikTok, onde rola de tudo, de golpes, mulheres exterminando sua dignidade mostrando até o fiofó como se prostitutas fossem, como se fosse algo 'normal', 'de boas' (muitas até casadas), a até pedofilia disfarçada de vídeos inocentes. Tudo isso, com milhões de haters, sociopatas, psicopatas e todo tipo de maluco se alimentando das insanidades, dos exageros e do bizarro, num umbral total. 

As pessoas, em sua maioria, no mundo todo, estão tão desorientadas, tão imersas num vazio existencial, tão incapazes de raciocinar direito, seja pela alienação histórica acumulada, seja pelas sequelas neurológicas incapacitantes da COVID-19, seja por pura preguiça de pensar, seja por qualquer outro motivo, que não percebem que estão se tornando meros robozinhos de um sistema global que visa tornar 99% da humanidade ou sua esmagadora maioria, de fato, completamente idiotizada e desumanizada. É muito grave, é gravíssimo. Mas, parece que tal processo de 'Humanidade Zero', de idiotização e desumanização total, já é irreversível pelo que vemos diariamente nas ditas Redes Umbrais Sociais, como é o caso da jovem da dancinha com a mãe morrendo, em busca de alguma fama efêmera. 

ESPERA-SE...

Espera-se que depois de toda a repercussão negativa, a jovem tenha mais noção na vida e que seu caminho seja o melhor possível. Ninguém deve ser crucificado por um erro, mas que tal erro sirva de exemplo para outros que fazem de tudo para se aparecer nas redes umbrais sociais,custe o que custar, perigosamente, não ligando para o que possa acontecer.

E tem coisa muito pior, quem tiver coragem e tempo, que se aventure no umbral do TikTok e verá para onde está indo a humanidade, ou seja, para o abate, a idiotização, a desumanização, a submissão total, O GAME OVER, de fato. 

 

Anitta dizendo que 'dá pra todo mundo'.

 

 

 

 

Mais tosquidão e extermínio da dignidade humana, sobretudo, por parte de muitas mulheres, (até casadas) que tem confundido LIBERDADE com libertinagem e se arriscado como a jovem da matéria em exposições ridículas, vulgares e perigosamente desnecessárias no TikTok.

 

 

 

 

VIDE

 

 


LEIA TAMBÉM:


(Post de Emerson Rodrigues/E-Kan, editor geral/criador de conteúdo digital do FCSBR, Filósofo Realista, escritor e compositor. Há 18 anos na estrada escrevendo de maneira Livre e Realista sobre política, Brasil, mundo, Extrafísica e outras coisas. Tem 7 livros publicados de maneira independente: Teoria da Humanidade Zero, Redes Umbrais Sociais, Consciencialismo Realista, Um Diabo que Virou Mulher, Como políticos politicopatas e ricos corruptopatas roubam impunemente? Raul Seixas & A Filosofia, a arte de ser um maluco beleza e outros textos, estudos, pesquisas e análises).

(Vide Livros em: Clube dos Autores e também no Blog: Realismologia).

Parcerias, negócios, divulgações, publicidade em Banners e Publieditoriais no FCSBR, mandar Email para: grupokzcontato@yahoo.com.br)  - - - (Colaborações e doações ao FCSBR, via Pix: fcsbrz@gmail.com).
 

"Há sempre tempo para tudo. Mas o tempo não para, o tempo urge". (E-Kan)

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
Junte-se a nós
X