Lava Jato estava à caminho de combater a corrupção sistêmica nas cidades do Brasil, antes de ser assassinada pelo Acordão

Lava Jato estava à caminho de combater a corrupção sistêmica nas cidades do Brasil, antes de ser assassinada pelo Acordão

Compartilhe nas redes sociais!

Que acordão?


A verdade dos fatos é simples

A Lava Jato estava à caminho de combater a corrupção sistêmica na base, em todas as cidades do Brasil, antes de ser assassinada pelo acordão de Boisonaro e os ladrões do Centrão + Bocão Mendes e os 7 que votaram contra Moro e a Lava Jato no STF.

O fundo que Deltan propôs (R$ 2,5 bilhões), com recursos recuperados da Lava Jato, mas que os ladrões da República pegaram para eles depois, visava bancar esse combate à corrupção em todo o país.  Infelizmente, a ideia foi morta na casca. Mas ainda pode voltar a funcionar com Moro e Deltan. Ou não. Vai saber né? Política é política. Mas, a esperança de muitos eleitores é grande é a de ver uma Lava Jato em cada cidade do Brasil, metendo na cadeia os políticos politicopatas e os ricos corruptopopatas, corruptos e corruptores, que com suas empresas de fachada e laranjas, offshore´s e tudo mais, roubam, desviam, sonegam e ficam cada dia mais podres de ricos com esquemas nas prefeituras e que envolvem governos estaduais.

A COISA OBEDECE QUASE SEMPRE O MESMO PADRÃO, OU SEJA, TEM DESVIOS, ROUBOS, CORRUPÇÃO GENERALIZADA, ACORDÕES E NEGOCIATAS ENTRE MEMBROS DOS 3 PODRES DA CIDADE, E COM ELITE QUE CONTROLA OS PARTIDOS POLÍTICOS E AS ELEIÇÕES JÁ QUE SEMPRE BOTAM A MESMA LAIA PARA DISPUTAR. O ACORDÃO AMNTÉM TUDO ABAFADO COM A AJUDA DE ALGUNS DA VELHA IMPRENSA QUE TAMBÉM LEVAM GRANA DE PREFEITURAS E VIVEM EM CHURRASCOS E FESTINHAS COMO AMIGUINHOS DOS POLÍTICOS, E PIOR, TEM A CARA DE PAU DE SE DIZEREM 'FORMADOS NA UNIVERSIDADE, JORNALISTAS PROFISSIONAIS E QUE DEFENDEM A IMPARCIALIDADE). É UMA SUJEIRA PADRÃO ABSURDA, SÓ.




(Post de Emerson Rodrigues, editor geral do Conexão Campos Gerais. Desde 2004 na estrada, escrevendo de maneira livre e realista sobre Cidades, Paraná, Brasil, Mundo e outras coisas. Email: [email protected])



 

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
Junte-se a nós
X