3 novelas brasileiras que vale a pena ver de novo

3 novelas brasileiras que vale a pena ver de novo

Compartilhe nas redes sociais!

A televisão do Brasil se caracteriza por apresentar conteúdos para diferentes públicos e idades, como por exemplo, telejornais, peças esportivas, telenovelas, entretenimentos infantis, reality shows e emissões que falam de política e economia.

Entre todos estes gêneros, as telenovelas são um dos programas favoritos dos brasileiros, independentemente de seu sexo e faixa etária. De fato, segundo uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE), as novelas são o gênero mais visto pelos homens da televisão aberta.

A primeira telenovela do Brasil e do mundo foi Sua vida me pertence, emitida entre 1951 e 1952 pela extinta TV Tupi. A partir desse momento, muitas histórias passaram pelas salas do público.

A primeira novela no Brasil e no mundo foi Sua vida me pertence, exibida entre 1951 e 1952 pela extinta TV Tupi. A partir daquele momento, muitas histórias passaram pelos corredores do público.

Um bom plano de fim de semana com amigos ou família é fazer uma maratona das melhores histórias da televisão brasileira, e por que não também, fazer apostas no Bet365! Uma boa forma de se divertir com todos e de se divertir jogando e apostando. 

3 novelas do Brasil para ver mais uma vez

Lembra-se daquela história que assistia na televisão quando era criança ou adolescente? Aquela que fazia você ficar grudado na tela esperando a próxima cena? Se já ficou com vontade de voltar a experimentar essa sensação, confira a lista das novelas brasileiras que vale a pena ver de novo.

Chocolate com Pimenta (2003)

Ambientada na década de 1920, Chocolate com Pimenta é uma comédia romântica que acontece na cidade fictícia Ventura, famosa na trama por ser um local cuja economia se sustenta em base a Bombom, uma fábrica de chocolates e bolos artesanais que pertence ao milionário Ludovico.

A história começa quando a protagonista, chamada de Ana Francisca, perde o pai e vai morar em Ventura com uma parte da família que ela desconhece. Ela é uma menina romântica, simples e humilde que chama a atenção de Danilo, o galã local que namora a Olga, a filha do delegado da cidade.

Enquanto acontece esta história romântica, Ana Francisca começa a trabalhar como faxineira na fábrica de chocolates para ajudar nas despesas. Aí ela conhece a Ludovico, que não revela sua verdadeira identidade e se apresenta como um simples funcionário da empresa.

Avenida Brasil (2012)

Este telenovela que foi sucesso não apenas no Brasil senão em diversos países do mundo, conta a história da vingança da Nina, uma mulher que após perder o pai como consequência de sua madrasta Carminha e seu amante Max, é abandonada por eles em um lixão, onde cresce graças aos cuidados da sua Mãe de coração Lucinda.

Carminha se casa com Tufão, um jogador de futebol muito exitoso, e passa a ter uma vida de rica enquanto engana todo mundo com uma dupla personalidade.

Com o tempo Nina se torna uma chef excelente e começa a trabalhar na casa de Carminha como cozinheira para se vingar da ex-madrasta e destruir sua vida.

Da cor do pecado (2004)

A primeira telenovela em colocar uma mulher negra como protagonista, Da cor do pecado foi a trama mais assistida no horário das 7 da tarde da década de 2000.

A novela conta a história de Paco e Apolo, dois irmãos gêmeos que não se conhecem, pois foram criados em lugares diferentes.

Paco é um botânico herdeiro de uma grande fortuna que mora no Rio de Janeiro e namora com Barbara, uma mulher que está interessada em seu dinheiro. Numa viagem ao Maranhão ele conhece Preta, da qual se apaixona perdidamente.

Apolo mora com sua mãe e seus 4 irmãos nos subúrbios do Rio e leva uma vida de luta e carências. O destino fará com que os dois gêmeos se encontrem e os segredos se revelem.


 

 

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
Junte-se a nós
X