Povo paga R$ 22 bilhões só pra manter o cabidão nas Estatais zumbis em 2021

Povo paga R$ 22 bilhões só pra manter o cabidão nas Estatais zumbis em 2021

Compartilhe nas redes sociais!

ISSO É O DESGOVERNO BOLSONARO.

FALOU TANTO DO PT E FAZ PIOR QUE O PT.

RELEMBRE:  Brasil tem 141 milhões de endividados, 125 milhões passando fome na Pandemia


R$ 22 BILHÕES SÓ PRA MANTER OS MAMATEIROS NAS ZUMBIS ESTATAIS

EXAME - Segundo informações do Tesouro, obtidas com exclusividade pela EXAME, os recursos para manter as 19 estatais deficitárias do país, entre elas a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), devem chegar a 21,8 bilhões de reais. No ano passado, foram liberados cerca de 21,5 bilhões de reais para essas empresas. Sem esses aportes, elas não teriam condições de seguir adiante.

O mundo está mais complexo, mas dá para começar com o básico. Veja como, no Manual do Investidor 

A soma que deverá ser direcionada às estatais dependentes de recursos públicos neste ano é bem maior do que o orçamento do governo previsto para as áreas de infraestrutura (1,8 bilhão de reais) e ciência (7 milhões de reais). Além disso, equivale a dois terços dos recursos disponíveis para o programa Bolsa Família.

(SÓ A Ebserh tem 33.500 funcionários com mais de 60% de comissionados)

Entre as estatais que deverão receber os maiores aportes estão a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), com sede em Brasília, responsável pela gestão de hospitais universitários federais. Com 33.500 funcionários, que ganham em média 10.000 reais, a empresa deverá contar com recursos públicos da ordem de 7,1 bilhões de reais neste ano.

No ano passado, a receita bruta da estatal, criada em 2011, alcançou 88 milhões de reais, enquanto as despesas operacionais somaram 7,4 bilhões de reais — daí a necessidade de receber aportes do Tesouro. Quase a metade dos custos é gerada pela folha de pagamentos, que consumiu 3,7 bilhões de reais em 2020.

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), um dos motores do crescimento do agronegócio no país, ocupa o segundo lugar do ranking, com uma subvenção estimada em 3,3 bilhões de reais neste ano, seguida pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasp), que deve receber 3,1 bilhão de reais. O Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Porto Alegre, vinculado ao Ministério da Saúde, deverá contar com 1,5 bilhão de reais neste ano.

 


REVEJA O MEGA CABIDÃO NO BRASIL:

Mais de 506 mil pessoas com super-salários nas estatais. 346 mil apadrinhados políticos

 

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
Junte-se a nós
X