Bolsonaro volta atrás sobre desobrigar uso de máscara: 'Queiroga, prefeitos e governadores é que decidem'

Bolsonaro volta atrás sobre desobrigar uso de máscara: 'Queiroga, prefeitos e governadores é que decidem'

Compartilhe nas redes sociais!

Bolsonaro age como um moleque psicopata que deixa uma bomba na porta, aperta a campainha e sai correndo. 

COMO SEMPRE, LARGA A MENTIRA, A POLÊMICA E DEPOIS FOGE PELA TANGENTE DEIXANDO O ABACAXI PARA SEUS VASSALOS DESCASCAREM.


 

O ANTAGONISTA:  O presidente Jair Bolsonaro recuou nesta sexta-feira (11) da declaração que deu ontem e disse que caberá ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, decidir sobre a necessidade do uso de máscara.

Bolsonaro havia dito que pediu a Queiroga para apresentar um “parecer” para liberar pessoas vacinadas ou que já tenham sido contaminadas pela Covid de utilizaram máscaras.

Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, o presidente disse que apenas pediu que o ministro analisasse a possibilidade.

“Ontem pedi para o ministro da Saúde fazer um estudo sobre máscara. Quem já foi infectado e quem tomou vacina não precisa usar máscara. Mas quem vai decidir é ele, dar um parecer.” 

O presidente ainda disse que a definição cabe a governadores e prefeitos, de acordo com o que decidiu o STF.

Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X