Bolsonaristas abestalhados prestam continência para caixa de cloroquina no RS

Bolsonaristas abestalhados prestam continência para caixa de cloroquina no RS

Compartilhe nas redes sociais!

Quando você acha que eles não tem mais coisas cabulosas, idiotas e cretinas para fazer, eles se superam.

Esse, o gado retardado que restou ao mandrião genocida.

HORA DO POVO -  O descalabro da condução da pandemia do governo pelo presidente Bolsonaro tem gerado manifestações de seus apoiadores mais ferrenhos que, se não fosse a tragédia do momento vivido pela população brasileira, seria cômico.

Na quinta-feira (25), um grupo de apoiadores de Bolsonaro contrários ao lockdown e fazendo a apologia do “tratamento precoce”, como preconiza o seu “mestre” do negacionismo, fez uma manifestação em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, simplesmente, pasmem leitores, prestando continência para uma caixa gigante de cloroquina.

A cloroquina, medicamento banido como tratamento contra o coronavírus por cientistas e médicos em todo o mundo, já comprovadamente sem eficácia contra a Covid-19, como todos sabem, é o queridinho de Bolsonaro no “combate” ao vírus.

A manifestação, chegando às raias do ridículo, além da continência, teve até execução do hino nacional em homenagem à “caixa”, o que deve deixar alguns dos bons militares das nossas Forças Armadas de “orelha em pé” com o grau de insanidade a que essa gente está chegando.  

Segundo divulgado em redes sociais, a manifestação foi “contra a tirania do prefeito” Ary José Vanazzi (PT), que determinou medidas restritivas mais rígidas para conter o avanço da doença em São Leopoldo. 


Onyx Falastroni diz que 'Lockdown não funciona por causa de pulgas e formigas'

Siga-nos nas redes sociais:






Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863
Leia também
X