Bolsonaro libera R$ 47 milhões pra Friboi alegando 'compra de picanha pro Exército'. Advogado também recebeu R$ 9 milhões

Bolsonaro libera R$ 47 milhões pra Friboi alegando 'compra de picanha pro Exército'. Advogado também recebeu R$ 9 milhões

Compartilhe nas redes sociais!

Atualizado em 2/3/2021

Flávio Bostanaro não dá um pio sobre mansão de R$ 6 milhões 


Deputados denunciam à PGR superfaturamento em 714 toneladas de picanha e milhares de cervejas às Forças Armadas


VAI REVENDO E JUNTANDO O QUEBRA-CABEÇA>>>
 

E MAIS EIN: Bolsonaro mandou PGR Aras receber Wasseff após ele pegar propina de R$ 9 milhões dos ladrões da Friboi

O ANTAGONISTA - Desde o início de 2019, quando Jair Bolsonaro foi empossado, a JBS assinou R$ 47 milhões em contratos com o governo, diz a Crusoé.

Segundo o Portal da Transparência, o frigorífico dos irmãos Batista fechou 30 negócios com o Ministério da Defesa durante esse período para fornecer congelados para os militares do Exército e da Marinha.

“No cardápio contratado pelas Forças Armadas estão peças de picanha, maminha e filé mignon.”


Villa: 'As reuniões de Bolsonaro é igual de quadrilha. O Fernandinho Beira-Mar tinha reuniões mais organizadas do que o Bolsonaro'

Siga-nos nas redes sociais:


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
Junte-se a nós
X