Herança maldita da esquerda bandida: 15,2 milhões de miseráveis, 30 milhões sem emprego em carteira, 63 milhões de endividados e muito mais

Herança maldita da esquerda bandida: 15,2 milhões de miseráveis, 30 milhões sem emprego em carteira, 63 milhões de endividados e muito mais

Compartilhe nas redes sociais!

A situação pela qual o Brasil passa  é culpa do Bolsonaro? Não.

É culpa de 16 anos da esquerda bandida com  PT-MDB, quadrilhão com cartel de empreiteiras, carnes podres, congresso safado, STF e o diabo a quatro.

Mas, Bolsonaro com  filhos, Olavo Alucinado  e bandidos virtuais seguem na mesma linha do PT, com tramóias, acordões e com essa bandidagem virtual atacando pessoas e defendendo o indefensável.

É preciso mudar e rápido, antes que o barco afunde de vez.


Por mais que se diga em 12 milhões de desempregados, na real, na condição de 'sem carteira assinada', sub-emprego, bicos, etc, passa de 30 milhões facinho.

E quase nada está sendo feito para melhorar essa situação. Só se vê brigas e escândalos.

ALGUNS EXEMPLOS DA HERANÇA DA ERA ESQUERDISTA NO BRASIL>>>

= Sobe para 15,2 milhões o número de miseráveis no Brasil

= Como é que o Brasil vai sair do abismo com mais de 75% do PIB usado pra bancar mordomias nos 3 poderes?

= Esquerdalha terrorista ferrou o País em 16 anos e agora faz mais arruaças enquanto tenta 'sair de fininho'

 


E MAIS>>>

Veja mais>>> O povo brasileiro está cansado de promessas vazias, tramóias, acordões, políticos, ministros safados, elite podre e empresários exploradores. A Faxina Geral se aproxima

Mais>>> Laranja de Lula esquematizou mutreta entre petroleira venezuelana e navios gregos que poluíram o nordeste brasileiro

Mais>>>Bolsonaros tentam auto-golpe, Congresso trava o País e o STF age com tirania soltando ladrões

Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X