PT deixou Brasil com 14,8 milhões de pessoas na extrema pobreza. 55% no Nordeste

PT deixou Brasil com 14,8 milhões de pessoas na extrema pobreza. 55% no Nordeste

Compartilhe nas redes sociais!

Atualizado em 24/05/2021

No início do governo Bolsonaro, o número subiu para 15,2 milhões e agora, baixou para 14,5 milhões, após 2 anos de governo Bolsonaro, mesmo com Pandemia e tudo mais.

NO ENTANTO: atualmente, o Brasil tem cerca de 125 milhões de pessoas passando fome/insegurança alimentar na Pandemia e 141 milhões de endividados que sequer conseguem pagar luz e água, com povão indo buscar lenha no mato pra fazer comida por que nem grana pra gás. 

A ERA PT

TEM GENTE QUE TEM SAUDADES, MAS...

 

O PT com o fantoche do Lula ladrão promete tirar mais da pobreza. E se voltarem tirarão trilhões, quatrilhões ou mais.

A verdade é que o PT é uma quadrilha de tarados por poder e dinheiro que objetivam o poder absoluto e pouco estão ligando para os mais pobres. Para o PT quanto mais gente miserável, melhor.

VEJA>>>  14,8 milhões de miseráveis, 11 milhões de jovens 'nem-nem', 13 milhões de analfabetos. Que vai dar disso?

 


PT DEIXOU BRASIL COM 14,8 MILHÕES DE MISERÁVEIS

REVEJA O ARQUIVO>>>

Segundo estudo divulgado no Jornal Valor Econômico, o Brasil chegou a 14,8 milhões de pessoas que estão em situação de extrema pobreza, sobrevivendo com menos de R$ 132 reais por mês.

É, POIS É>>>  Com as riquezas que temos, o Brasil poderia ser mais poderoso que os EUA

55% desses miseráveis estão no Nordeste brasileiro.

5% desse contingente se arrasta pela vida com menos de R$ 40 reais mensais, diz o estudo.

Enquanto isso, segundo o mesmo estudo, 1% da população brasileiras tem renda mensal de mais de R$ 15 mil reais por mês.

Veja mais no Jornal Valor Econômico


 



O quadrilhão do PT quer voltar ao Poder e Lula, com 'sangue no zóio', quer vingança 


 

Siga-nos nas redes sociais:



Quer receber novidades sobre a política e o que está acontecendo no Brasil e no mundo?
Clique aqui e cadastre-se: +55 42 9 9147-7863

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.

Leia também
X