FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
29/11/2019   

Novo aumento do pedágio no Paraná em discussão. Ratinho Jr disse que 'não vê problema na participação de empresas corruptas'

 Isso, é o Paraná>>>

VEJA, TAMBÉM>>> Natural de Ponta Grossa-PR, Joice Hasselmann diz: 'eu saí da favela rural'


O BLOG DA MARELI MARTINS REPORTA A SITUAÇÃO>>>

A Agência Reguladora do Paraná (Agepar) vai discutir os novos percentuais de aumento nas tarifas de pedágio do estado. A reunião está marcada para a próxima terça-feira (3).

Vale dizer que todas as empresas que possuem concessão de pedágio no Paraná estão envolvidas em corrupção: Viapar, Rodonorte, Econorte e as empresas do Grupo CR Almeida, Ecocataratas, Caminhos do Mar e Ecovia.

Com os acordos de leniência, todas estas empresas já confessaram que praticaram atos de corrupção. Fizeram isso para conseguir “perdão do judicial”, para participar da nova licitação em 2021.

Depois da definição dos valores, haverá a publicação no Diário Oficial e depois disso as concessionários de pedágio estarão autorizadas a aplicar o reajuste no preços.

Segundo a Agepar, o reajuste é anual e está previsto em contrato, com a finalidade de recompor as perdas inflacionárias. O órgão não divulgou os os valores dos percentuais de reajuste.

Se ocorrer a definição do aumentos dos preços no dia 3 dezembro, provavelmente os novos preços serão aplicados a partir do dia ou 6 do mesmo mês.

Em entrevista à Rádio e ao Blog da Mareli Martins, no dia 24 de outubro de 2019, o governador Ratinho Junior (PSD) foi questionado sobre a participação das empresas corruptas na nova licitação. “Quem determina isso é a Justiça Federal. Mas eu acho que se eles estiverem dentro da lei e tiveram pago aquilo que eles deviam, eu não vejo problema”, afirmou o governador.

É preciso deixar claro que os valores firmados no acordo de leniência são muito baixos perto de tudo que foi roubado dos paranaenses na questão dos pedágios. LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NO BLOG DA MARELI MARTINS


Líder do Ratinho Jr (que já foi condenado por caixa 2) diz que governo 'estuda' acabar com aulas no período noturno nos colégios no Paraná





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



ROBERTO PLINBOI

LAVA TOGA EM 1999

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X