FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
06/10/2019   

Assessor de Ministro corrupto diz à PF que teve mutreta de Caixa 2 na campanha de Bolsonaro

Como todos sabem, Bolsonaro se recusa demitir o corrupto, laranjeiro e 'Caixadoiseiro', Ministro do Turismo, Marcelo Àlvaro Antônio do PSL-MG.


REVEJA>>> Janaína Paschoal: 'A manutenção do Ministro do Turismo está fazendo o Governo pagar um preço muito elevado '

REVEJA>>> 'É culpa dos assessores'. Ministro do Turismo vai escapulindo de mutretas feito bagre ensaboado


Já faz tempo que o ladrãozinho anda implicado até o talo em desvios de dinheiro da campanha. Bolsonaro não só se recusou a demití-lo como o manteve debaixo de sua proteção dentro do Acordão.

Para fechar com chave de ouro, conforme informações da Folha de SP, confirmadas pelo O Antagonista, um assessor do safado disse que teve manobras, mutretas e caixa 2 na campanha de Jair Bolsonaro.

É o tipo da coisa:

Em depoimento à PF, um assessor do Ministro do Turismo implicou a campanha de Jair Bolsonaro em caixa dois.

Segundo a Folha de S. Paulo, “Haissander Souza de Paula disse à PF que ‘acha que parte dos valores depositados para as campanhas femininas, na verdade, foi usada para pagar material de campanha de Marcelo Álvaro Antônio e de Jair Bolsonaro’.

Em uma planilha, nomeada como ‘MarceloAlvaro.xlsx’, há referência ao fornecimento de material eleitoral para a campanha de Bolsonaro com a expressão ‘out’, o que significa, na compreensão de investigadores, pagamento ‘por fora’”. (Via O Antagonista)


 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



ÁUDIOS CONTRA BOLSONARO

CPI DO JUDICIÁRIO EM 1999

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X