FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
06/09/2019   

Bolsonaro quer detonar o diretor da PF (indicado por Moro) para livrar Hélio Negão de inquérito

Mais um ato de filhadaputagem descarada do Bolsonaro, doutrinado de gados imbecis.

E Moro, escrachado por Bolsonaro, segue se fazendo de morto.


VEJA>>>Bolsonaro põe PT e o quadrilhão de volta ao poder com Aras na PGR.(O elemento já fez até festa para petistas com dinheiro do povo)

VEJA>>>Ministros do STF comemoram nomeação de defensor do MST e crítico da Lava Jato na PGR feita por Bolsonaro

VEJA>>>Amigão de Jair, deputado que indicou PGR Aras foi condenado à prisão por pegar propinas da Máfia dos Transportes


VEJA - Uma investigação da Polícia Federal contra Hélio Negão, o deputado amigo de Jair Bolsonaro, é o verdadeiro motivo da guerra do presidente com a instituição. Há 12 dias, ele esbravejou no portão do Palácio da Alvorada referindo-se a uma bomba que estava “para estourar” em “uma pessoa importante que está do meu lado”.

O recado era para a PF do Rio, pilotada por Ricardo Saadi. Lançado a prefeito do Rio por Bolsonaro, Negão virou alvo dos agentes por pecados que teriam sido cometidos há mais de quinze anos. Alertado pelo amigo, Bolsonaro viu no caso uma ação da PF para tentar intimidar seu grupo político — e não perdoou.

Na PF, fala-se que uma ala da polícia mirou em Negão justamente para queimar Saadi no Planalto. O tiro, no entanto, atingiu o diretor Maurício Valeixo.

https://veja.abril.com.br/blog/radar/exclusivo-o-real-motivo-da-guerra-de-bolsonaro-com-a-pf/


 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



ÁUDIOS CONTRA BOLSONARO

CPI DO JUDICIÁRIO EM 1999

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X