FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
31/08/2019   

Depois de abraços e elogios, Bolsonaro atropela Moro e exonera chefe da PF no RJ. PF critica presidente

Bolsonaro, o duas caras>>>

O fato é um só: Bolsonaro surfou na onda Anti-PT e se elegeu também por causa da Lava Jato se dizendo 'combatente da corrupção'.

Mas, após eleito, mudou da água pro vinho.

Não bastasse toda a lambança e os acordos enojantes, Bolsonaro age com hipocrisia e falsidade com Moro, que mais parece um morto vivo no governo.


EXAME  - Personagem da crise envolvendo o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça, Sergio Moro, o superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro, Ricardo Saadi, foi exonerado nesta sexta-feira, 30. Sua saída do cargo foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), em portaria assinada pelo secretário-executivo da pasta, Luiz Pontel.

A troca do superintendente do Rio foi antecipada por Bolsonaro, em entrevista a jornalistas, no dia 15, quando alegou “questão de produtividade”.

A declaração surpreendeu a cúpula da PF que, horas depois, em nota, contradisse o presidente ao afirmar que a substituição já estava planejada e não tinha “qualquer relação com desempenho”.


 






ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



ÁUDIOS CONTRA BOLSONARO

CPI DO JUDICIÁRIO EM 1999

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X