FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
28/08/2018   

Marco Aurélio e Fux rejeitam denúncia contra Bolsonaro. Ministros dizem que declarações são infelizes mas não são crime

O julgamento de Jair Bolsonaro no STF, acusado de Racismo pela PGR, ficou empatado.

Com pedido de vista do Lex Luthor de Moraes, o julgamento retorna na próxima terça.

A FAVOR DE RECEBER A DENÚNCIA

Barroso e Rosa Weber votaram por receber a denúncia.

Roberto Barroso votou pelo recebimento da denúncia contra Bolsonaro por incitação ao crime. Para ele, a forma como foram tratados, negros e quilombolas nas declarações do deputado, não estão cobertas pela imunidade parlamentar.

A ministra Rosa Weber também votou por receber a denúncia contra o deputado Jair Bolsonaro para averiguar se suas afirmações sobre negros e quilombolas configuram crime.

CONTRA O RECEBIMENTO DA DENÚNCIA

Marco Aurélio Mello e Luiz Fux.

Para Luiz Fux, as afirmações de Jair Bolsonaro sobre negros e quilombolas são “extremamente infelizes”, mas estão no campo da liberdade de expressão. Ele votou contra o recebimento da denúncia pelo suposto crime de racismo.

Marco Aurélio rejeita a denúncia contra o deputado Jair Bolsonaro por racismo no INQ 4694. Para ele, as afirmações do dep. sobre quilombolas foram infelizes, mas não configuram o crime, apenas crítica, estando protegidas pela imunidade parlamentar.

Com informações do STF Via Twitter





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



STF TERRORISTA

BOLSONARO DILMOU

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X