FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
24/06/2016   

Renan Calheiros acusa Juiz de 'usurpar' e 'exige' que STF anule provas contra Gleisi Petrolão

Cinismo sem fim.

O povo, aos milhões, devia tomar o Senado e ir fazer uma visitinha na casa de Renan Calheiros, Gleisi Petrolão, dos ministros vacilões do STF e na casa de todos os demais corruptos para mostrar quem é que manda. Não é?

Na 'exigência absurda, o presidente do senado, Renan Calheiros (PMDB), através da Advocacia Geral do Senado, acusa o Juiz Federal Paulo Bueno de Azevedo de 'usurpar' a competência do STF e que Gleisi foi 'prejudicada' mesmo tendo foro privilegiado.

O Estadão detalha o cinismo do PT e de parte do PMDB no senado:

Na peça, solicitada à Advocacia-geral do Senado pelo presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL) e pelo vice-presidente, Jorge Viana (PT-AC), os congressistas defendem a nulidade absoluta da busca realizada pela manhã na residência do casal em Brasília. Eles solicitam que sejam eliminadas todas as provas decorrentes do ato e que os materiais apreendidos sejam devolvidos à senadora. A justificativa dos autores é "resguardar a autonomia do Senado", pois avaliam que o ato foi inconstitucional e violou a imunidade da sede da instituição.

Agora, cabe ao STF, aquele que vive blindando bandidos disfarçados de políticos decidir se anula ou não as provas contra Gleisi Petrolão.

===

REVEJA>>>

Teori Zavascki agora diz que indiciamento de parlamentares pela PF 'fere entendimentos' do STF

===





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



STF LIBERA GERAL

LAVA TOGA EM 1999

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X