FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
10/05/2015   

Enquanto protesto ocorre, PT, PMDB e PSDB comem e bebem juntos em casamento 'burguês'

Festejam enquanto o povo se lasca

Tudo bem, o casamento do médico do Lula!?!. As pessoas foram convidadas, mas, venhamos e convenhamos, a situação que o país passa não dá brechas para comemoraçõezinhas e sim para trabalho pesado. Em outras palavras, se você e sua família estão em dificuldades financeiras, em crise econômica, precisando melhorar urgentemente, terão cabeça para ir a festas e posar para fotos ridículas? Cremos que não. Ao contrário, irão arregaçar as mangas, irão trabalhar duro, virar o jogo e depois do dever cumprido aí sim irão a todas as festas que acharem melhor. Políticos que criticam 'as elites' indo em festinha 'das elites', só mostram que estão cagando e andando para o povo.

ANTES, UMA REFLEXÃO: Mais uma vez, o Brasil não precisa de partidos que sugam o dinheiro suado do povo, dos contribuintes. O Brasil não precisa desses feudos partidários, cujas siglas só serve para negociatas criminosas e imorais. O Brasil precisa de uma reforma política ampla, com homens e mulheres de verdade, que honrem as calças e as saias que vestem, que amem a nação e que tenham a capacidade, a formação, o desprendimento e a coragem necessárias para melhorar as coisas. Esse sistema pluripartidário só piora as coisas na Terra da Festa da Corrupção, na qual se tornou o Brasil. Ou fazemos uma reforma ampla, revendo tudo isso, ou nada mudará. Fato.

Curioso: PT e demais socialistas vivem criticando a 'burguesia' e de repente aparece juntinho com o PMDB, PSDB e outros num casamento 'burguês' em São Paulo.

E enquanto ocorria um protesto do tipo 'panelaço' do lado de fora do dito cujo casamento, lá dentro Lula, Dilma e outros comiam, bebiam e tiravam fotos com Alckmin, Cunha e outros.

Resumindo: está claro, público e notório que PT, PMDB e PSDB comem e bebem enquanto o povão protesta e bate panela. Ou seja, não estão nem aí com 'o preço da banha', como diz um velho ditado do sul.

[...] Com uma lista estrelada de padrinhos que incluiu a presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula, os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), além do senador José Serra (PSDB-SP), a cerimônia contou com a presença de vários integrantes da cúpula petista, como o ministro da Casa Civil Aloizio Mercadante, o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e o presidente do PT, Rui Falcão. Segundo interlocutores, a presidente sentou na mesma mesa que o ex-presidente Lula, o presidente da Câmara Eduardo Cunha, o senador José Serra (PSDB-SP) e o governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB). [...] (O Globo)
 

Fotinha

Vídeo

Presidente do PT na festa da elite branca





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



STF LIBERA GERAL

LAVA TOGA EM 1999

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X