FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
05/02/2019   

Ministro da Educação inventa mentira sobre Cazuza e acaba tendo que se retratar no Twitter

Isso é um ministro da educação que paga de 'conservador, moralista', que se acha o Deus da Educação por que foi indicado pelo 'Olavo de carvalho'.

Bolsonaro precisa botar ministros como o da educação para trabalhar de verdade para que não fiquem gastando tempo e dinheiro do povo o dia inteiro escrevendo bobagens na internet. Basta impor o padrão Moro e Guedes nos ministérios e ponto. Senão trabalharem, rua.

O imbecil da Educação se retratou na sequência:


VEJA A REPERCUSSÃO DA IDIOTICE NO TWITTER

Está no blog do Alcelmo no O Globo:

A querida Lucinha Araújo, mãe de Cazuza (1958-1990), fez uma carta aberta a Ricardo Vélez Rodríguez, ministro da Educação, que, na entrevista à “Veja”, afirmou que Cazuza “pregava que liberdade é passar a mão no guarda”. Só que Cazuza nunca disse isso. A gozação — que na versão original incluía a palavra “bunda” — foi feita pela turma do humorístico “Casseta & Planeta” nos anos 1980. “Se meu filho estivesse vivo, tenho certeza de que ele me pediria piedade”, escreveu ela. “Mas como não sou ele e minha idade suprimiu os panos quentes, considero inadmissível uma pessoa, ocupando o cargo que ocupa, não ter a preocupação de, sem compromisso com a verdade, citar uma pessoa pública”.


E VEJA TAMBÉM>>>

Dilma quer R$ 10 mil por mês por ter sido detida por assaltos a bancos no tempo do Governo Militar

 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



ADVOGADOS X MORO

TODO MUNDO ERROU

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X