FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
21/02/2021   

No Paraná, enfermeira tenta passar a perna em colega da saúde com 'vacina de vento' e se dá mal

Esse é o Brasil em que estamos.

Um tenta passar a perna no outro no salve-se quem puder.

Virou o Salve-se quem puder.

O que leva uma 'santinha' dessas fazer uma bizarrice dessas?

ASSISTA AO VÍDEO

TRIBUNA PARANÁ DIZ:

Uma dentista de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, sofreu um grande susto nesta quinta-feira (18), ao tomar sua dose da vacina contra a covid-19. A profissional de saúde Diesi Hipolito percebeu, com a ajuda de uma amiga, que a auxiliar de enfermagem responsável por aplicar o imunizante só tinha injetado a agulha da seringa, ou seja, o líquido não foi aplicado. A auxiliar de enfermagem já foi identificada e pode perder o emprego na prefeitura do município.

O fato só foi notado pela amiga que gravou o momento da aplicação da vacina. Ao visualizarem a imagem, perceberam que a seringa estava vazia. “ Ela pediu mil perdões e falou que faria a aplicação de novo. Nunca imaginei que aconteceria comigo”, disse Hipólito segundo vídeo reproduzido no telejornal Meio-Dia Paraná da RPC. Após reclamar, a dentista recebeu a imunização corretamente. Segundo o plano de imunização da prefeitura de Fazenda Rio Grande, profissionais de saúde que moram na cidade estão incluídos na primeira fase de vacinação.

Demissão

A prefeitura de Fazenda Rio Grande informou que a auxiliar de enfermagem trabalha há anos como servidora do município e que poderá perder o emprego após o fato. “Nós a afastamos e abrimos um processo disciplinar para averiguar a veracidade dos fatos. Uma comissão irá tomar a decisão com todos os protocolos e ela poderia ser punida”, disse Marcelo Molinari, procurador de Fazenda Rio Grande, em entrevista para a RPC.

Nas redes sociais, a dentista alerta as pessoas que estão sendo vacinadas ou mesmo que serão imunizadas. ” É um alerta que faço especialmente para os idosos e a gente pensa que é fake news, mas aconteceu comigo Estou vendo o que farei e é o Brasil né? Nós estamos sendo passados para trás em tudo”, desabafou a dentista.


Até quando?





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



100 MILHÕES DE DADOS

MÁSCARAS CONTINUAM

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X