FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
25/08/2015   

Dilma e cupinchas meteram a mão em R$ 29,3 milhões, através do cartão corporativo em 2015

Vão cortar meia dúzia de cargos para apelidar de 'corte de gastos' enquanto alocam os cupinchas em outro local e seguem torrando o dinheiro do povo com o maldito cartão corporativopata>>>

EM 2014:  Dilma gasta R$ 20,4 milhões com o tal Cartão Corporativo e o Congresso diz amém???

Os gastos do governo federal com cartão corporativo somam R$ 29,3 milhões em 2015. Os dados levantados pelo Contas Abertas contabilizam o montante pagos entre janeiro e julho deste ano. Quase metade do valor, R$ 14,4 milhões, saíram dos cofres públicos de maneira secreta, isto é, não é permitido ao cidadão comum conferir em que foram aplicados.

O Ministério da Justiça ocupa o primeiro lugar no ranking dos órgãos que mais gastam pelo cartão. Até julho, o desembolso da Pasta atingiu a marca de R$ 7,5 milhões. Vinculado ao ministério, a coordenação de administração do Departamento da Polícia Federal foi o que mais se beneficiou do cartão, com R$ 2,9 milhões creditados.

O cartão corporativo do Ministério da Justiça também é utilizados por superitendências regionais da Pasta. Os gastos das superintendências do Estado do Amazonas, da Bahia e de São Paulo, por exemplo, foram de R$ 517,9 mil, R$ 427,1 mil e R$ 351,2 mil, respectivamente. É praticamente impossível saber ao que foram destinados os gastos do Ministério da Justiça, já que quase a totalidade da verba foi declarada como secreta. Cerca de R$ 7,3 milhões, ou seja, 97% dos desembolsos foram protegidos por sigilo, nos termos da legislação, para garantia da segurança da sociedade e do Estado.

PRESIDENTE SAPIENS

A Presidência da República está logo atrás do Ministério da Justica no ranking dos que mais gastam com o cartão corporativo. O órgão, que possui internamente 15 unidades orçamentárias que efetuam compras por meio do cartão, executou, até agora, R$ 7,3 milhões.

As duas unidades orçamentárias que mais gastaram com o cartão corporativo foram a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a Secretaria de Administração da Presidência da República, responsáveis por 91,8% do total. Até agora, a Abin já utilizou R$ 3,5 milhões, sendo que absolutamente todo o valor foi aplicado de forma sigilosa. O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão é o terceiro maior usuário do cartão corporativo (R$ 3,4 milhões). E, em quarto lugar, está o Ministério da Defesa, com gastos que chegam a R$ 3 milhões, seguido pela Pasta da Educação, que já desembolsou R$ 2,5 milhões por meio do recurso. (Com informações de Contas Abertas)





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



ÁUDIOS CONTRA BOLSONARO

CPI DO JUDICIÁRIO EM 1999

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X