FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
13/01/2021   

Caminhoneiros ameaçam 'greve grande' 'se' Bolsonaro não baixar Diesel e tirar foto com eles

Lá vem mais farofagem e fuleiragem de alguns SINDICALISTAS que se dizem 'caminhoneiros'.

Tem muito espertalhão no meio dos movimentos, ('muitos', por que são vários), de caminhoneiros e visam se projetar politicamente.

Aí inventam essas balélas que nao tem mais apoio do povão.

Mas, em 2021, vai que cola né?


 

RELEMBRE>>> Caminhoneiros se sentem 'chifrados' por Bolsonaro, segundo Chorão

RELEMBRE>>> Uma das lideranças dos caminhoneiros rebelados se diz 'Pré-candidato a deputado pelo PODEMOS'

RELEMBRE>>>> Espertalhões não conseguem enganar o povo para greve lulista. Um deles pede ajuda pra gestantes agora

 QUEREM DIESEL MAIS BARATO E FOTO COM JAIR?

O Antagonsta:

O presidente da Associação Nacional do Transporte Autônomos do Brasil (ANTB), José Roberto Stringasci, disse ao Estadão que a paralisação dos caminhoneiros, prevista para 1º de fevereiro, poderá ser maior que a de 2018.

A principal reclamação é o preço do diesel. “O sócio majoritário do transporte nacional rodoviário é o combustível (50% a 60% do valor da viagem). Queremos uma mudança na política de preço”, disse.

Ele exige uma reunião com Jair Bolsonaro para cobrar também outras reivindicações de 2018: o preço mínimo de frete, suspenso pelo STF, a pedido do agronegócio; e a implantação do Código Identificador de Operação de Transporte.

A ANTB reúne 4,5 mil caminhoneiros e Stringasci diz não ver problema em fazer greve na pandemia. “A categoria trabalhou para cima e para baixo durante a pandemia. Muitos caminhoneiros ficaram com fome na estrada com os restaurantes fechados, mas nunca parou.”





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



URNAS ELETRÔNICAS

AIDS TEM CURA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X