FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
27/06/2020   

Hospital Albert Einstein suspendeu Cloroquina: 'não apresenta evidência de benefícios

Na sexta 27/06/2020, a Cloroquina foi suspensa.

Confira, na íntegra, a nota do Hospital Albert Einstein

O Hospital Israelita Albert Einstein esclarece que nunca contou com um protocolo de uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19. Médicos do corpo clínico aberto, porém, poderiam prescrever os medicamentos em acordo com os pacientes confirmados com o novo coronavírus, fazendo a utilização chamada de off label, ou seja, fora das indicações homologadas para os fármacos pela agência reguladora no Brasil, a Anvisa.

Nesta quinta-feira (25/06), o Einstein recomendou a não utilização, nem em modo off label das medicações em pacientes internados pela infecção causada pelo Sars-coV-2 no hospital, frente ao recente comunicado divulgado pela agência americana FDA revogando a autorização de uso emergencial do medicamento sulfato de hidroxicloroquina e fosfato de cloroquina no atendimento a pacientes com Covid-19, levando em consideração que os estudos não mostraram diferenças em relação ao tratamento padrão e que os benefícios da utilização dos medicamentos não superaram seus riscos conhecidos e potenciais, além de um estudo controlado randomizado não demonstrar evidência e benefícios em relação à mortalidade, ao tempo de internação ou à necessidade de ventilação mecânica.

(VIA CORREIO BRAZILIENSE)


Após 3 meses e mais de R$ 5 milhões gastos, vermífugo de Marcos Pontes não apresentou nenhum resultado no combate ao coronavírus como prometido

 

 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



ESTAÇÃO ESPACIAL

AIDS TEM CURA

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X