FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
24/01/2020   

Bolsonaro ainda quer trocar o diretor da PF. Moro é contra. Diretor pede retorno de 191 agentes cedidos a outros órgãos

Bolsonaro ainda quer trocar o comando da PF e colocar na pasta de segurança pública com o corrupto Alberto Fraga, não reeleito, como Secretário ou Ministro-chefe da corporação. VEJA MAIS AQUI, SE QUISER

Moro é contra a troca.

Bolsonaro não pode demitir Moro, então tenta fritá-lo.

O ANTAGONISTA>>>

O diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, encaminhou no final de dezembro ao Ministério da Justiça um ofício pedindo a adoção de medidas para viabilizar o retorno de agentes e delegados da PF cedidos a outros órgãos.

No pedido, ao qual a Crusoé teve acesso, Valeixo argumenta que o número de servidores da corporação cedidos ou requisitados aumentou em 54 entre novembro de 2018 e maio de 2019. Só ao ministério, seriam 60 cedidos.

Ao todo 191 servidores cedidos/requisitados. É a maior média histórica já registrada. Destaco que o número de servidores cedidos/requisitados já supera o efetivo total de muitas de nossas superintendências regionais”, diz Valeixo no ofício enviado ao secretário-executivo da pasta, Luiz Pontel de Souza, que é delegado da PF e está cedido pela corporação para atuar ao lado do ministro Sergio Moro.


Não se enganem, as sacanagens contra Moro e a Lava Jato continuam. Bolsonaro diz sobre cisão de ministério: 'no momento é chance zero mas eu não sei amanhã, a política muda'

 





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



GOELA X DOMÉSTICAS

LAVA TOGA EM 1999

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X