FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
30/09/2019   

Quadrilhão do Judiciário agora quer a apreensão e proibição do livro do Janot

E segue o baile no Brasil do quadrilhão do acordão>>>

O ANTAGONISTA - O subprocurador-geral Moacir Guimarães Morais Filho pediu ao CNMP que determine a apreensão do livro Nada Menos que Tudo, de Rodrigo Janot, registra o Estadão.

Na petição, o subprocurador-geral pede também que, caso o livro ainda não esteja à venda, as páginas em que Janot fala de sua vontade de matar Gilmar Mendes sejam retiradas da obra.

“O certo é que a prova da confissão da suposta conduta delituosa está a suscitar comentários na sociedade e nas instituições, razão pela qual o suplicante considera nociva a divulgação do livro sem que sejam excluídos dele os capítulos relativos ao fato confessado pelo autor da obra”, aponta Morais Filho em ofício enviado a Otávio Luiz Rodrigues, conselheiro do CNMP.


Moro fala que juízes estão deixando de decretar prisões de bandidos: ' alertei para o risco...não era essa a intenção do legislador'





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



STF LIBERA GERAL

LAVA TOGA EM 1999

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X