FCS Brasil
Notícias [+] Lidas
06/02/2019   

Associação de criminalistas procura deputados para 'discutir mudanças' no pacote Anticrime do Moro

E alguns crImininalistas da ABRACRIM, Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas, ESTÃO PROCURANDO DEPUTADOS E SENADORES, para chamar um 'debate' que visa modificar algumas coisas do pacote da Leia Anticrime do Moro, segundo O Antagonista.

É claro, público e notório, como aconteceu com as '10 medidas contra a corrupção', estamos diante das mesmas manobras, dos mesmos trejeitos para distorcer um projeto de lei a favor dos corruptos e bandidos.

Engana-se e muito que acha que uma câmara com um punhado de aparecistas que se elegeram nas costas do Bolsonaro e uma maioria de velhas raposas reeleitas junto de novatos vetrílocos de velhas raposas irá atuar em favor do Brasil.

Já tínhamos dito, Geleia Maia é o tipo de corrupto que como aliado custa os olhos da cara do povo Brasileiro.

DÁ UMA OLHADA NUM VÍDEO DA ABRACRIM

A NOTA DA ASSOSIÇÃO:

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, apresentou nesta segunda-feira, 4 de fevereiro, um projeto de lei anticrime que será encaminhado ao Congresso Federal. A proposta sugere mudanças em 19 áreas, como o enrijecimento da legislação em relação às possibilidades de prisão em segunda instância e mais flexibilidade às alegações de legítima defesa para policiais que venham a matar pessoas durante sua atuação.

Para a ABRACRIM – Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas, é fundamental fazer um debate sério e equilibrado dos itens propostos. A diretoria da entidade destaca que apoia o combate à criminalidade e à corrupção, mas enfatiza que isso não pode ser feito com o incentivo ao punitivismo e à mitigação de direitos.

Para Oswaldo Serrão, presidente em exercício da Associação, o debate é imprescindível e deve acontecer antes de qualquer votação. Na mesma linha, o presidente da ABRACRIM/PB, Sheyner Asfora, entende que é realmente importante fazer um debate, especialmente com membros da advocacia criminal. O presidente da ABRACRIM/RJ e secretário nacional da entidade, Thiago Minagé, destaca que os exemplos de outros países, como o Uruguai, devem ser levados em conta na discussão dessas reformas.

O criminalista Jader Marques, presidente da ABRACRIM/RS, ficou incumbido de coordenar um estudo aprofundado sobre o projeto, inclusive colhendo as manifestações dos estados.

Na quarta e quinta-feira próximas, Jader Marques estará em Brasília para percorrer os gabinetes de alguns deputados e senadores, acompanhado do presidente da ABRACRIM/DF, Michel Saliba, solicitando sejam marcadas audiências públicas na CCJ sobre o tema, quando a matéria começar a ter tramitação na casa. “A ABRACRIM quer fazer um debate sério e equilibrado, sem excessos e sem partidarismos, sobre o Pacote Moro para que os Congressistas possam entender o alcance e o impacto de cada um dos itens do projeto”, destacou Jader Marques.

Jornalista Adriane Werner – assessoria de Imprensa ABRACRIM nacional http://www.abracrim.adv.br/noticias/abracrim-quer-debater-itens-do-pacote-anticorrupcao-apresentado-por-moro





ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais poderão responder judicialmente e não representam a opinião deste site. Se achar algo ofensivo, marque quem comentou e denuncie.



ADVOGADOS X MORO

TODO MUNDO ERROU

Sugeridos

© Todos os direitos reservados

X